11 2604-5322 | 2601-5657

Qual a diferença entre grama natural e grama sintética?

Grama natural e sintética lado a lado

Fonte: NovoApartHotel

Embora seja muito popular e utilizada em diversas aplicações – do paisagismo à decoração -, a grama sintética ainda gera dúvidas, especialmente quando comparada com sua versão “normal”. Então, para sanar eventuais perguntas que você possa ter, traçamos um comparativo entre esses dois tipos de gramado em algumas características fundamentais. Confira!

O que é grama sintética

Aspecto físico

O primeiro ponto que chama atenção na grama, independente de qual tipo, é o seu visual. Um gramado verdinho e bem cuidado pode deixar qualquer área mais bonita e atraente. Além disso, a sensação de contato com a grama é um dos pontos altos desse revestimento, pois traz conforto e aconchego.

E ao contrário do que algumas pessoas possam acreditar, essas características não se restringem somente à grama natural, mas também à artificial! O gramado sintético também tem o visual verdinho impecável e sensação agradável ao toque – além de outras vantagens que você confere mais adiante neste post. Portanto, o visual desse material é, sim, um dos pontos positivos dele.

Manutenção

Neste aspecto, há sim uma grande diferença entre uma opção e outra. No caso da grama natural é necessário ter um cuidado para que ela mantenha seu aspecto saudável: regar, adubar, cortar e aplicar produtos que impeçam o surgimento de pragas são alguns dos principais. Além disso, é preciso constantemente limpar sujeiras de terra e folhas, sem contar que a grama é afetada pelas estações do ano – ou seja, não mantém seu aspecto verde durante todo o ano.

No caso do material sintético, nada disso é necessário. Ele não precisa ser aparado, adubado nem regado e mantém o visual verde e saudável durante todo o ano. Para limpar o gramado, basta utilizar um pano com água e sabão. Para completar, esse material também conta com propriedades que trazem mais benefícios: é antiabrasivo, antiderrapante e absorve impactos. Portanto, a grama artificial é ótima opção para quem busca praticidade e eficiência.

Saiba mais sobre a manutenção da grama sintética

Vida útil

Desde que cuidada de forma correta, a grama natural pode durar por tempo indefinido. Porém, isso dá bastante trabalho e tem grandes custos. Já o modelo artificial conta com vida útil de aproximadamente cinco anos, sempre mantendo seu visual impecável e com manutenção fácil e barata. Após o período de vida útil do material, ele pode ser substituído por outro tapete de grama sintética com total praticidade. Neste post você sabe mais sobre quanto tempo dura a grama sintética.

Utilização

De forma geral, a grama natural comum é utilizada principalmente no paisagismo, revestindo pisos (geralmente o quintal). Já o gramado sintético é muito mais diversificado. Além de usado também no paisagismo, ele é opção criativa e eficiente para a decoração, para a criação de festas temáticas, para playgrounds e brinquedotecas, esportes indoor e outdoor, topiaria, jardim de inverno e muito mais.

Essas são as principais diferenças entre a grama natural e a grana sintética. Enquanto uma opção é mais durável e, em contrapartida, menos versátil, a outra é diversificada, tem fácil manutenção e limpeza prática e barata.

Deixe uma Resposta.