11 98917-1777 | 11 98916-1672

Cobertura verde: ecológica e decorativa!

Telhado com cobertura Verde

A urbanização das cidades tem grandes vantagens, mas também desvantagens. Uma delas é a falta de fragmentos de natureza no dia a dia das pessoas, prejudicando a atmosfera, a temperatura e até mesmo a qualidade de vida.

A cobertura verde é uma solução ecológica e decorativa que vem para contornar esse problema, trazendo vida e inovação para a cidade. Aprenda mais sobre o assunto abaixo!

Como é feita a cobertura verde?

O objetivo da cobertura verde é ser como um telhado vivo. Na prática, alguns tipos de plantações são feitos nos telhados ou terraços de prédios e casas. Apesar dessa técnica ser usada há muito tempo, ainda causa certo estranhamento por falta de conhecimento dos benefícios.

Mas a cobertura verde não é feita só de grama e terra, são algumas camadas de construção:

  • Laje: é a primeira camada da cobertura verde, que seria o teto da casa.
  • Membrana à prova d’água: protege a laje de qualquer infiltração, como se fosse uma proteção extra caso qualquer resquício de água da chuva passe pelas outras camadas;
  • Membrana antirraiz: para que as raízes não se espalhem e possam agredir a estrutura do telhado, essa camada funciona como um tapete que impede o crescimento.
  • Drenagem: é uma camada com material poroso, que armazena a água da chuva para que ela seja utilizada pela planta ao longo do tempo;
  • Substrato: não se usa terra na cobertura verde, mas sim uma camada de substrato (mistura de solo orgânico e mineral), que é muito mais leve.
  • Vegetação: é a camada verde, onde serão plantadas a grama ou outras plantas (flores e arbustos).

Benefícios da cobertura verde

O mundo da agronomia, construção civil, arquitetura e engenharia já está aproveitando os benefícios desta inovação. Já que os profissionais aprovam, conheça você também a serventia ecológica e as possibilidades que esta técnica pode trazer:

  • Melhor estética, trazendo mais vida para as construções e até modernidade por causa da estrutura;
  • Produção de hortas, que fica dentro da ideia de casa sustentável por poder plantar e colher alguns alimentos;
  • Atração de pássaros, abelhas, insetos e outros animais (o que ajuda a preservar a biodiversidade);
  • Auxílio na diminuição das temperaturas no verão das cidades;
  • Diminuição da poluição, já que as plantas absorvem substâncias tóxicas e liberam mais oxigênio;
  • Isolamento térmico dos edifícios e casas, o que diminui o uso de energia em aparelhos de climatização;
  • Retenção de água da chuva, evitando enchentes.

É claro que também existem desvantagens como o investimento inicial, a necessidade de mão de obra especializada e os esforços de manutenção. Mas depois dessa lista de vantagens fica difícil dizer que não vale a pena, não é mesmo?

Alternativa facilitada

Para quem quer garantir os efeitos decorativos e estéticos que uma cobertura verde pode trazer mas não tem o aporte financeiro ou mão de obra para manutenção, uma alternativa facilitada são os telhados verdes com grama sintética.

Então, gostou de conhecer essa iniciativa ecológica e decorativa para a sua casa ou prédio? São muitos benefícios que fazem valer a pena o investimento. Boa sorte!

Deixe uma Resposta.