11 2604-5322 | 2601-5657

Pisos para grama sintética: quais funcionam?

Piso para grama sintética

A grama sintética é a melhor e mais funcional alternativa para quem quer trazer um pouco de verde para algum cômodo da sua casa., seja interno ou externo. Principalmente se você sempre sonhou com um espaço para lazer.

As principais vantagens é que o custo é baixo, a aplicação é fácil e não é preciso se preocupar com manutenção.

Uma das principais dúvidas é em que tipo de piso que a grama sintética pode ser instalada, pois o fato é que ela precisa de uma superfície como base.

Quais os tipos ideias de pisos para grama sintética?

Apesar de ser de fácil instalação, não basta simplesmente colocar a grama sintética em qualquer local. É preciso ter alguns cuidados com a superfície para garantir a aderência necessária. Na prática, isso se reflete no tipo de piso que há no local escolhido!

Seja no lugar de um jardim natural ou em algum ambiente dentro de casa, a grama sintética precisa de uma base para ser instalada. Isso quer dizer que não tem como colocá-la direto no chão bruto do quintal (se for de terra, por exemplo), pois é preciso fixá-la com cola em uma superfície limpa e lisa.

Em resumo: as regras para que o processo dê certo é que a base seja lisa, seca, limpa e não haja vegetação. Apesar disso, o local pode ser íngreme ou tortuoso, caso se encaixe nos requisitos anteriores.

Abaixo, alguns exemplos de pisos que garantem a aderência necessária são:

  • contrapiso;
  • concreto;
  • piso asfáltico;
  • pedra lisa;
  • lajota;
  • cerâmica.

O que cuidar durante a aplicação da grama sintética no piso?

Como já falamos, é possível instalar a grama sintética tanto em ambientes internos, quanto externos. Porém, lembre que a instalação é mais minuciosa quando é feita externamente, pois você precisa garantir que ela esteja bem fixa (colada) para resistir a temporadas de clima extremo.

Por exemplo, os principais cuidados são em relação a drenagem da água da chuva!

Em geral, o próprio tapete da grama sintética já é fabricado para que a água passe por ele e seja escoada para o piso que há embaixo. A ideia, então, é que haja um ralo ou outro sistema de escoamento instalado no piso. Mas lembre-se: esse processo só é necessário para locais onde chova!

A instalação, de modo mais simplificado e direto, você pode aprender como se faz através do vídeo explicativo que a Playgrama preparou:

Seja qual for o piso da sua casa, analise bem se ele está dentro das condições que falamos aqui, Caso contrário, vale muito mais a pena investir na reforma do piso para a aplicação da grama sintética, pois garante a durabilidade do maior por muito tempo.

O resultado da instalação é imediato: seu ambiente, seja externo ou interno, ganha uma vida nova e fica lindo!

Deixe uma Resposta.