11 98917-1777 | 11 98916-1672

3 dicas de decoração de Natal para casa

Decoração de Natal

Comum nesta época do ano, a decoração de Natal para casa deu seus primeiros passos, antes mesmo de Cristo, na Antiguidade. Os pagãos costumavam pendurar ramos verdes nas portas de suas casas e enfeitar plantas que permaneciam verdes, mesmo com o inverno, como os pinheiros, com o intuito de afastar maus espíritos e atrair fertilidade.

Um dos responsáveis também pela cultura de enfeitar pinheiros em casa é o monge protestante alemão Martinho Lutero. Durante uma noite de inverno no século 16, ele teria visto estrelas brilhando entre pinheiros e entendeu isso como um sinal da presença divina. Isso o fez querer reproduzir o cenário dentro de casa com velas decorando um pinheiro.

O fato é que, independentemente de qual seja a crença, as decorações de Natal deixam os lares e espaços públicos bem mais bonitos. Além disso, elas ajudam a transmitir o simbolismo de paz, renovação e união dessa celebração de fim de ano.

Pensando nisso e tendo em vista a infinidade de possibilidades de decorações natalinas, separamos 3 dicas especiais para te ajudar a compor uma ótima decoração de Natal em casa. Continue lendo este post para conferir nossas sugestões para deixar a sua casa ainda mais bonita para esse momento especial do ano!

1 – Árvores de Natal diferentes

Por não serem facilmente encontrados no Brasil as versões naturais de pinheiros, boa parte das pessoas acabam comprando versões sintéticas da árvore para a decoração de Natal. Entretanto, há outras opções — até mais criativas, naturais, nostálgicas e que inclusive economizam espaço em casa.

Que tal aproveitar as suas próprias plantas naturais e transformá-las em árvores de Natal? Basta adicionar algumas bolas, pinhas, laços, luzes ao seu jarro de planta e pronto! Sua planta agora compõe a sua decoração natalina.

Outra opção é apostar em árvores de parede, que podem ser feitas simplesmente com cordões de luzes e outros tipos de enfeites, formando o desenho de um pinheiro na parede. Os cordões e enfeites podem ser fixados com fita adesiva ou com ganchos adesivos de parede, por exemplo.

As árvores de parede ainda podem ser montadas sobre prateleiras, na sala de estar ou em outros ambientes. Assim você aproveita elementos que já fazem parte da sua decoração padrão, dando destaque ainda para outros objetos da decoração de Natal, que podem ser dispostos nas prateleiras.

Ainda nessa perspectiva, você pode compor a árvore de parede com fotos de família, relembrando os melhores momentos ao lado de quem você ama.

2 – Bolas: coringas da decoração natalina

Além de serem presença garantida entre os enfeites das árvores de Natal, as bolas — especialmente as vermelhas — também são ótimas para compor vasos, potes iluminados e guirlandas.

Outra pedida é colocar as bolas em taças viradas com a boca para baixo na mesa natalina, e colocar uma velinha de base pequena na base da taça virada para cima. A taça acaba se tornando um belo castiçal improvisado. É importante atentar, neste último uso, para que as cores das bolas estejam alinhadas com as dos pratos, talheres e guardanapos.

3 – Aposte em materiais sustentáveis e reutilizáveis

Tudo bem que enfeites, luzes e inclusive árvores de Natal podem ser reutilizados por vários anos. Porém, que tal criar seus próprios enfeites com materiais recicláveis, como pedaços de tecidos, garrafas de vidro (como as de vinhos – bebidas mais consumidas nesta época)?

No caso das garrafas, basta colocar cordões de luzes, laços e/ou velas na parte de cima das garrafas e pronto! Em poucos minutos, você terá uma luminária e um castiçal improvisado, decorando a sua mesa de Natal ou outros pontos da sua casa.

Outra alternativa também é usar bolas de isopor com purpurina e laços feitos com pedaços de tecido, pendurando-as com cordões na árvore de Natal, por exemplo.

Por fim, uma boa pedida sempre é o uso de grama sintética, para ajudar a trazer mais verde para dentro de casa nesta época. Além de ser uma opção alternativa à grama normal, bem mais sustentável, que dá mais segurança principalmente para as crianças brincarem.

Gostou deste conteúdo? Confira mais informações sobre esse e outros assuntos no blog da Playgrama!

Deixe uma Resposta.