11 2604-5322 | 2601-5657

Grama Sintética ou Natural? Veja qual a melhor opção custo-benefício!

Quando falamos em investimento e em recursos é sempre necessária dobrar nossa atenção. Analisar e pesar as opções é muito importante. Afinal, muitas vezes o barato acaba nos custando caro. Isso significa, na prática, que nossos gastos em produtos e serviços vão além do que nos custam no momento de adesão. A escolha do tipo de gramado é um exemplo disso.

Escolhendo o melhor tipo de gramado

A grama natural não deve ser avaliada só pelo gasto financeiro inicial que exige, mas também pela dedicação, pelo tempo e pela energia e recursos para mantê-la. Se o seu objetivo é ter um gramado bonito e viçoso em todas as épocas do ano, ou ter praticidade e não ter que se preocupar muito com manutenção, esqueça a grama natural!

Além de adquirir rapidamente aparência degastada, o gramado natural pode variar de cor e de qualidade conforme as estações e suas temperaturas. É necessária a irrigação regular da região em horários específicos do dia, como pela manhã para que ela possa secar até a noite. Logo, haverá gasto de água e de tempo. Por crescer rapidamente, a grama deve ser aparada com bastante frenquência. Se você já tem aparador, vai gastar tempo e energia. Mas, se não tiver, ou compra um para realizar a tarefa ou paga alguém pelo serviço. Nesse caso, o gasto é triplicado, pois se perde tempo, além energia e dinheiro.

A grama natural tem muito mais envolvimento e gastos do que você lembrava, não? E então? Será que a grama sintética não é uma melhor alternativa?

Vejamos!

A grama sintética não tem sido cada vez mais usada por culpa do acaso. Ela é uma solução prática e econômica para áreas verdes. Assim como a natural, a grama sintética também possui um custo de instalação e manutenção. O que acontece, porém, é que o retorno de tais investimentos é muito superior ao que você teria se optasse pela grama natural.

A grama sintética não exige gastos de manutenção frenquentemente, como gastos com cultivo, irrigação ou corte. Além de parecer super natural, o gramado artificial tem uma durabilidade grande de, aproximadamente, quinze anos. Assim, você pode ficar tranquilo, pois a qualidade do gramado e sua bela aparência permanecerão por muito tempo, sua cor não vai variar conforme a estação. A higienização da grama sintética é muito simples e é um dos fatores da praticidade de manutenção. Você pode realizar a limpeza em pouco tempo, com o auxílio de água e uma vassoura. Outra vantagem de usar o gramado sintético é a de se livrar de insetos indesejados, sem aplicação de venenos e pesticidas, que prejudicam o solo e o lençol freático. Isso torna a opção perfeita para playgrounds, áreas pet e canis, além de para decoração de ambientes internos e outros lugares (a grama sintética pode ser usada das mais variadas formas e em qualquer local praticamente).

Depois de tantas considerações fica fácil escolher como ter um gramado impecável, duradouro e de grande custo-benefício. Com a grama sintética você terá mais tempo, energia e dinheiro para investir em outras atividades importantes, sem diminuir a qualidade e beleza da sua área verde!

2 Comentários
  1. “Isso torna a opção perfeita para playgrounds, áreas pet e canis, além de para decoração de ambientes internos e outros lugares (a grama natural pode ser usada das mais variadas formas e em qualquer local praticamente.” A natural? ou a sintética? a natural não pode ser usada em qualquer lugar nem de qualquer forma… Internamente é inviável.

    • Prezada Lia,

      O texto estava incorreto, trata-se da grama sintética.
      Fizemos a correção, obrigada por nos informar!

      Atenciosamente,
      Equipe Playgrama

Deixe uma Resposta.