11 2604-5322 | 2601-5657

Plantas para muro de jardim: conheça espécies e veja dicas!

Usar as plantas no paisagismo ou mesmo na decoração interna da casa é uma opção moderna, que traz um toque verde e mais vida para nossa rotina, aumentando a nossa conexão com o lado natural em qualquer ambiente. Então, além de ser lindo esteticamente, pode ser extremamente relaxante!

Uma vantagem específica das plantas conhecidas como trepadeiras (as que se “agarram” aos muros e paredes) é a economia. Isso porque podem substituir tranquilamente o revestimento estético de paredes e muros. Ou seja, você não se preocupa com pintura ou demais opções de revestimento.

Há muitas maneiras de adotar essas plantas em sua casa/apartamento: seja como o clássico jardim ou no estilo do famoso jardim vertical, em paredes, muros, pilares, arcos e sobre diversos outros itens. Nesse post, você confere as melhores plantas trepadeiras para isso!

Dicas e pontos importantes sobre plantas trepadeiras:

Uma tendência forte de paisagismo e decoração é cultivar diferentes espécies, mesclando formatos, texturas e coloração de folhagens e flores.

É importante ficar atento às necessidades da espécie de planta que pretende cultivar. Por exemplo: não misture plantas que precisam de luminosidade com plantas de sombra.

É importante ter em mente que as trepadeiras podem acarretar em maior umidade para as paredes pelas quais se alastrarem. Então, optar por paredes e muros com reboco reforçado é preferível.

Deixar a parede com uma textura ou mesmo usar paredes que já tenham relevos e sejam mais ásperas conta como ponto positivo, pois ajuda a planta a se fixar melhor.

Conseguir o efeito de revestimento total do muro com as trepadeiras deve ser um projeto de médio a longo prazo, já que elas demoram certo tempo para crescer. Algumas espécies podem levar de 2 a 10 anos. Paciência é o segredo!

Plantas para muros, paredes e pilares

1 – Amor-agarradinho

amor agarradinho no muro

Fonte: Pinterest

Essa planta pode tanto servir como trepadeira, quanto para cerca-viva. É uma planta que precisa de sol pleno. É aconselhado usar fios de nylon ou grade de arame para a condução e adaptação da planta.

É bastante ramificada. A folhagem é bem volumosa, sendo cada folha em formato de coração. As flores são na cor rosa e delicadas, e costumam florescer em grande quantidade. É perfeita, além de muros, para revestimento de telhados, grades e arcos.

2 – Hera (Hedera helix)

hera no muro

Fonte: AOMS

Essa é uma espécie perfeita para regiões em que as temperaturas são amenas, fazendo muito frio. Pode ser cultivada sob sol, mas o ideal mesmo é à meia-sombra. Ela se alastra muito bem em muros rústicos (como os de argamassa chapisco).

Importante destacar que ela não tem flores, então é ótima para o efeito “paredão verde”, um visual bastante clássico. Mas, tem um charme próprio por causa do formato diferenciado e exótico da folha. Para quem quer cor, uma opção é complementar com flores delicadas, cultivando-as próximas ao muro.

3 – Tumbérgias (Thunbergia Grandiflora)

tubergias no muro

Fonte: Pinterest

Essa é uma espécie lindíssima, com folhagens volumosas (como a amor-agarradinho) e com flores que dão o maior charme em meio ao verde. Costuma crescer rápido, então é recomendado conduzi-la com arames e fios de nylon. No inverno (quando florescem), as flores lilases costumam atrair beija-flores e borboletas.

4 – Unha-de-gato (Uncaria tomentosa)

unha de gato no muro

Fonte: Vai com Tudo

Muitos profissionais especialistas recomendam evitar o cultivo dessa espécie em paredes, já que ela retém muita umidade. O ideal é mantê-la apenas em muros. Ela necessita de bastante sol, mas se adapta bem em meia-sombra, desde que tenha algumas horas de sol todo dia. Como cresce rápido, é fácil obter o revestimento total do muro.

5 – Ipomeia (Ipomoea)

ipomeia no muro

Fonte: Jardim das Ideias

Essa é uma planta que precisa de sol e calor. Ela até suporta o frio, no entanto, pode perder um pouco de sua folhagem. É uma espécie que se adapta bem a pequenos espaços, sendo muito recomendada para quem tem jardins e muros diminutos, com área de crescimento reduzida. Suas flores são rosas e avermelhadas, mas existem mudas que puxam para uma cor azulada.

6 – Lágrima-de-cristo (Clerodendron thomsonae)

lágrima de cristo em muro

Fonte: Sítio da Mata

Essa é mais uma espécie que tem necessidade de condução do seu crescimento com arames ou fios de nylon, além do cultivo à meia-sombra. Ela se adapta bem a ambientes menores, crescendo mesmo em espaços diminutos. Suas flores são lindas, com um efeito em “cachos”, sobrepondo-se. Ou seja, para quem quer um muro bem ornamentado, é perfeita.

7 – Falsa-vinha (Parthenocissus tricuspidata)

falsa vinha no muro

Fonte: Minhas Plantas

Essa espécie de trepadeira é ideal para ser cultivada em locais com bastante luminosidade solar, mas sobrevive à meia-sombra. Ela é indicada para quem quer fechamento total do muro.

falsa vinha vermelha no muro

Fonte: Jardim das Ideias

Não possui flores, logo, tem apenas folhagens, que se assemelham muito com as da videira. Suas folhas ficam avermelhadas ou roxas no outono. Já no inverno, caem, deixando à mostra as ramificações da planta, que são verdadeiros ornamentos!

Cuidados com o cultivo

No cultivo de plantas para ornar cercas e muros, utilize terra drenada e plante-as com pelo menos 1 centímetro de distância (mas é sempre bom se informar o máximo possível sobre a espécie que você deseja plantar).

A irrigação das plantas, em geral, deve ser feita um dia sim, outro não. Em época de frio rigoroso, a necessidade é de três vezes por semana. Já em períodos quentes, deve-se regar todos os dias.

Essas foram as dicas para utilizar como ornamento as plantas para muro, paredes e pilares. Não são lindas?! Escolha a sua trepadeira e comece seu muro revestido de verde e muita cor agora mesmo!

Deixe uma Resposta.