11 2604-5322 | 2601-5657

Jardim sustentável: como fazer?

Grama

O jardim é um dos espaços mais agradáveis de qualquer residência. Contar com um pouco de verde e de natureza no seu lar é ideal para aqueles momentos em que você precisa relaxar. Além disso, essa área valoriza o visual o imóvel e atua como uma opção a mais de decoração.

E para deixar tudo ainda melhor, é possível aplicar uma série de medidas sustentáveis que deixam o jardim mais bonito e ainda ajudam o meio ambiente; confira as nossas dicas logo abaixo e traga a sustentabilidade para o seu jardim!

Saiba como fazer um jardim barato

Use plantas nativas

Em termos gerais, um jardim sustentável é aquele que aproveita os recursos disponíveis ao máximo de forma eficiente e responsável, reduzindo desperdícios e evitando gastos desnecessários desses recursos. Portanto, uma forma primordial de aplicar esse conceito no seu jardim é contar com espécies de plantas nativas da sua região, que se adaptam bem ao clima e às condições da área.

Jardim residencial com caminho de pedras

Fonte: Pinterest

Ou seja, para garantir um espaço florido mas que, ao mesmo tempo, não demanda muitos recursos naturais como água, por exemplo, aposte naquelas flores que se desenvolvem bem no clima da sua região (seco, úmido, ensolarado, chuvoso etc) e também nas características do espaço em que o jardim ficará. Assim você já começa a elaborar uma área florida sustentável com o pé direito.

Que tal ter um jardim vertical reciclado?

Reduza ao máximo o gramado

Também com o objetivo de reduzir o consumo de recursos, outra dica muito utilizada é diminuir a área revestida com gramado natural. Como a grama precisa de uma manutenção constante, com poda, corte e, principalmente, rega (o que representa um grande desperdício de água), uma saída é revestir uma parte do jardim de outra forma. Uma alternativa sustentável, acessível e vantajosa é a grama sintética.

Jardim residencial com gramado artificial

Fonte: Playgrama

Ela não precisa de irrigação, não demanda poda, mantém o aspecto verde independente da estação do ano e ainda tem manutenção simples e vida útil que pode chegar a até cinco anos. Além disso, essa é uma ótima saída para quem quem quer ter um jardim interno (o chamado jardim de inverno) ou mora em um apartamento e não possui um quintal.

Incorpore materiais reciclados e reutilizados

Mas não basta apenas reduzir gastos de recursos naturais para fazer um jardim sustentável, também é preciso reciclar e reutilizar. Essa é uma tendência cada vez mais popular no paisagismo e na jardinagem pois une o útil, o agradável e o ecologicamente correto.

Vaso para plantas

Fonte: Pinterest

Você pode transformar garrafas em vasos para um jardim vertical, utilizar latas velhas como vasos de flores, incorporar um banco ou balanço confeccionados com pneu reutilizado no ambiente, entre outras tantas pequenas dicas. Dessa forma o ambiente ganha um visual muito particular e estilizado e você evita o descarte desnecessário de diversos itens.

Monte um jardim com material reciclado

Aposte na compostagem para adubar

Garantir que o solo tenha os nutrientes apropriados para que as plantinhas do seu jardim cresçam bonitas e saudáveis pode ser um desafio. A boa notícia é que existe uma maneira de tornar isso muito mais fácil e que ainda por cima se alia a uma iniciativa sustentável: é a compostagem.

Infográfico sobre compostagem

Fonte: Playgrama

Basicamente, essa técnica trata-se de reaproveitar todo o lixo orgânico do seu lar como adubo para as plantas, compactados em uma massa de nutrientes! Dessa forma, você garante que as plantas estejam sempre saudáveis e ainda evita descartar o lixo de forma equivocada. Neste post nós separamos um passo a passo de como fazer a compostagem.

Reaproveite materiais e tenha um jardim com itens domésticos

Com essas dicas fica mais fácil fazer um jardim sustentável e lindo no seu lar. Com ele, você conta com muita beleza na decoração do seu imóvel e ainda ajuda o planeta ao economizar recursos e reciclar materiais!

Deixe uma Resposta.