11 2604-5322 | 2601-5657

Jardim dentro de casa: 6 dicas infalíveis para incrementar o seu lar

jardim inverno pequeno

Fonte: Decorando Casas

Com as cidades grandes cada vez mais movimentadas e cheias de concreto, às vezes fica difícil ter um contato diário com a natureza. E quem vive em apartamentos, por exemplo, sente ainda mais essa dificuldade. A boa notícia é que há, sim, uma solução simples e efetiva (mesmo para quem não possui um quintal) de resolver isso: os jardins internos.
Confira seis dicas certeiras para montar um jardim dentro de casa que seja bonito, fácil de cuidar e traga um charme extra à decoração do seu lar!

1) Ter um jardim vertical na varanda

Os jardins verticais – aqueles localizados em paredes e painéis – são uma ótima forma de otimizar os espaços, especialmente para quem mora em um apartamento e ainda assim quer contar com parte da natureza no aconchego do seu lar. E uma das tendências mais eficientes e elegantes de aplicar esse tipo de jardim é na varanda.

jardim-vertical

Fonte: Pinterest

jardim vertical para varandas

Fonte: Pinterest

Uma das maiores vantagens desse tipo de jardim (além, claro, de possibilitar aproveitar áreas horizontais) é a sua grande diversidade. Você pode contar com diferentes estilos, desde aqueles mais simples até verdadeiras “florestas caseiras” – tudo depende de quanto espaço você tem disponível.

Solte a criatividade e opte por aquilo que melhor se encaixa com o estilo de decoração do restante do seu cantinho; vale utilizar desde os clássicos vasos até itens mais modernos, como garrafas, pneus, itens de cozinha, latinhas etc, tudo reutilizado. Para fixar as plantas, é possível usar tanto blocos pré-moldados quanto itens mais acessíveis, como prateleiras e pallets de madeira. Mas lembre-se de todos os cuidados que as plantas demandam, como irrigação, luz solar, poda etc.

Jardim Vertical com Vasos

Fonte: Pinterest

Jardim Vertical com Garrafa Pet

Fonte: YouTube

Jardim Vertical com vazos em armário

Fonte: Pinterest

Se sentindo com inspiração? Então coloque a mão na massa e monte já um espaço com muita natureza na sua varanda! E para deixar tudo mais fácil, confira outro post aqui do blog com dicas fáceis e práticas de como fazer um jardim vertical.

2) Montar um jardim de inverno embaixo da escada

Outra forma de jardim interno que é bastante popular e muito estilosa é o jardim de inverno. Basicamente, ele consiste em aproveitar algum espaço vago dentro do seu lar para montar uma área arborizada. Embora algumas residências mais modernas já contem com um local reservado para isso, a maioria ainda exige um pouco de criatividade. E nesses casos, um local possível é aquele vão embaixo da escada!

Jardim de Inverno embaixo de Escada

Fonte: Pinterest

Jardim embaixo da escada

Fonte: Pinterest

O jardim de inverno tem o potencial de dar uma grande incrementada na decoração da sua casa, porque ele, geralmente, conta com:

  • vasos de diversas plantas;
  • pedras diversificadas;
  • fonte de iluminação artificial (na próxima dica explicamos como esse aspecto é importante);
  • design mais elaborado.

Porém, é preciso ter cuidado porque esse tipo de jardim, embora mais escondido, também precisa de uma fonte de luz natural para se manter saudável.

Jardim pequeno embaixo da escada

Fonte: Habitissimo

Jardim simples embaixo da escada

Fonte: Pinterest

Fonte: Construindo Minha Casa Clean

Fonte: Construindo Minha Casa Clean

3) Planejar a iluminação para jardim de inverno

A iluminação de um jardim de inverno – e de um jardim interno de forma geral – precisa ter um equilíbrio muito afinado entre iluminação natural e artificial. Durante o dia, o local necessita dos raios de luz solar, fundamentais para o processo de fotossíntese das plantas; já à noite, a área fica mais valorizada com luminárias e pontos de luz colocados de forma estratégica.

jardim de dentro de casa iluminado

Fonte: Pinterest

jardim de inverno iluminado

Fonte: Pinterest

Para ambientes maiores, as lanternas marroquinas produzem uma sensação de aconchego. Naqueles mais compactos, uma boa saída é apostar em pontos de luz direcionais no chão e luminárias em locais específicos, compondo assim uma iluminação harmoniosa que destaca as plantas – mas lembre-se que o objetivo é deixá-las mais vistosas, e não iluminar a área por completo.

Fonte: Pinterest

Fonte: Pinterest

Fonte: Uma Casa Como Poucas

Fonte: Uma Casa Como Poucas

4) Decorar o banheiro com jardim interno

Além da varanda e aquelas áreas “sobrando”, outros espaços da casa podem ser aproveitados para incorporar um pequeno jardim no seu lar e um deles é o banheiro! Pode parecer estranho, mas uma atitude simples, como contar com alguns vasinhos de plantas no banheiro já ajuda a deixar o local com um aspecto mais vivo, agradável, e traz um toque de natureza para a decoração do seu lar.

Aqui também é preciso levar em conta toda a atenção e “manutenção” que as plantas necessitam – principalmente, no caso do banheiro, a incidência de luz natural. A dica é colocar os vasos próximos de janelas e outras fontes de luz, garantindo assim que o jardim cresça saudável. Para facilitar sua vida, confira esse post com algumas dicas de plantas para o banheiro que se adaptam bem às condições desse ambiente.

plantar para banheiro

Fonte: Habitissimo

vasos de plantas no banheiro

Fonte: Playgrama

jardim dentro do banheiro

Fonte: Pinterest

5) Escolher as plantas certas para o ambiente interno

Depois de conferir algumas dicas de locais e possibilidades de aplicação de um jardim interno no seu lar, é preciso também saber quais as plantas que melhor se enquadram nesse tipo de espaço – tanto no aspecto estético, quanto nos cuidados e desenvolvimento delas.

Aqui no blog já elaboramos uma lista com 20 plantas para ambientes fechados que são perfeitas para um jardim dentro de casa, mas algumas das mais populares e fáceis de cuidar são:

ráfis;

ráfis

Fonte: Pinterest

pau d’água;

pau d'água

Fonte: Pinterest

lírio da paz;

lírio

Fonte: Pinterest

jiboia;

planta jibóia

Fonte: Pinterest

palmeira-leque;

Palmeira leque

Fonte: Pinterest

bromélia;

bromélias

Fonte: Pinterest

antúrio.

antúrio

Fonte: Pinterest

6) Optar por um jardim interno de grama artificial

Já quem não tem tempo – ou disposição – de arcar com todos esses cuidados com as plantas (irrigar, adubar, reenvasar, podar etc) e não quer sofrer com o visual do seu jardim interno afetado por condições climáticas e estações do ano, pode contar com a grama sintética.

Além de proporcionar mais praticidade, os jardins para interiores com grama sintética também ajudam a manter o seu lar limpo mais facilmente, pois evita que resíduos de terra e folhas acabem se espalhando pelos cômodos. Esse material ainda tem extensa vida útil, não é afetado pelo clima, traz visual e textura muito similares aos da grama natural e conta com manutenção simples.

jardim com grama sintética

Fonte: Guia de Imóveis

grama sintética para jardins pequenos

Fonte: Google+

Viu só como é fácil? Seguindo essas seis dicas bem simples e práticas você consegue trazer um pouquinho de verde para o seu lar, em diferentes áreas e com variados estilos. Basta colocar a criatividade para trabalhar e adaptar as nossas sugestões para a realidade da sua casa.

2 Comentários
  1. Amei os exemplos com grama sintética,tenho uma dúvida sobre a última foto. Ali tem as pedrinhas para o jardim, mas as plantas estão em algum vaso? como está a terra por baixo das plantas? Está por cima da calçada ou direto no chão de terra? Obrigada!

    • Olá Marta,

      No caso de instalação de grama sintética em conjunto com planta natural, indicamos que o contrapiso seja realizado somente na área onde a grama sintética será instalada. As demais áreas podem ficam diretamente na terra para que as plantas naturais sobrevivam.
      Para deixar a área mais charmosa, basta cobrir a terra com pedrisco branco, igual aos exemplos mostrados no post.

      Atenciosamente,
      Equipe Playgrama

Deixe uma Resposta.